✭ Male Au Pair

- Meninos também podem ser au pair, produção? 
- Claaaaro!!

Quem foi que disse que só as meninas são boas com crianças? Conheço muito homem mais paciente com as kids, do que muita mulher que se diz experiente por aí! 

Primeiro, meninos, vocês precisam ter um appl. "kick ass* ", ou seja: excelente. Vocês já precisam começar quebrando o tabu que é para a família considerar um male au pair. E como vocês farão isso? Simples! Sendo bons no que fazem. Cubram todos os pontos principais:

*Experiência: tá na cara que serão mais horas, né? Pois pelo-amor-de-Deus, documentem tudo com fotos, vídeos e cartas de referência! 


*Sabendo lidar: saibam desde trocar fralda até jogar baseball, sim?! Pensem que vocês conheçam o programa com a desvantagem do preconceito por serem meninos, mas se forem bons, as famílias irão considerar vocês, claro! Assim: saibam fazer mamadeira, segurar kids no colo, colocar um curativo no machucado, nadar, falar de filmes e jogos! 

Encontro da CC na casa da LCC. 30/08/2006 


*Procurando a agência: até onde eu sei, as agências são a CC, Go Au Pair e InterExchange. Mas as regras mudam de uma agência para outra. Assim: escolha a agência e mande um e-mail perguntando quais são os pré-requisitos. No meu grupo, da CC- NJ, eram 45 meninas, sendo 5 meninos. Nenhum brasileiro, pois eles não aceitavam meninos de cara. O esquema era: achar uma familia pelo GAP (ou qualquer outro site) e pedir para entrarem na agência que você escolheu! E assim entrarem, pedir para a agência colocar seu appl na conta deles. E você faz a mesma coisa: pede para a agência localizá-los para você e colocá-los na sua conta. Pode até falar que se conheceram pela net ou por terceiros. Leva uns diazinhos, mas acontece. E o match, sem ajuda da net, pode demorar como o das meninas, mas pode ser rápido, também. Depende de como está o seu appl e da sua sorte, claro.


***********NOVAS REGRAS DE ACORDO COM A CC (31/07/12): ‎"Também tivemos uma modificação nos requisitos, porque assim vamos evitar de ter au pairs que fiquem online por muito tempo sem entrar nenhuma família interessada no perfil delas, ou que nunca fechem com uma família, e fiquem insatisfeitas. A clausula que mudou no acordo de participação novo, foi a clausula 14. Antes ela dizia que as au pairs poderiam ficar online por até um ano e se não conseguissem família a inscrição venceria e elas teriam que inscrever-se de novo, caso quisessem continuar tentando. Mas agora, como o perfil das au pairs fica aberto para todas as famílias, se nenhuma família entra no perfil da au pair por mais de 3 meses (o que já é raríssimo), significa que o perfil dela não oferece mesmo o que nossas famílias tem buscado. Por isso, ela terá que ser cancelada. Acreditamos que, como isso já é muito raro de acontecer, reforçando os requisitos será ainda mais raro. :) Vejam abaixo a clausula como ficou: 14. Compreendo que a colocação com uma família anfitriã não é garantida, estando sujeita à avaliação da Cultural Care Au Pair, às minhas qualificações,e à disponibilidade de famílias. Entendo também que a Cultural Care Au Pair não pode garantir uma data de embarque específica, já que está é diretamente determinada pela colocação com a família anfitriã. Estou ciente que a duração desta inscrição é de no máximo 1 ano, ou enquanto houverem famílias interessadas entrando em contato comigo. Caso se passe um período de três meses sem que nenhuma família entre no meu perfil para avaliá-lo, a Cultural Care reserva-se o direito de cancelar minha inscrição. Caso isso aconteça, ou caso eu não consiga uma colocação com uma família anfitriã no prazo de 1 ano, será necessária uma nova avaliação de meu perfil pela Cultural Care Au Pair, para que eu tenha a possibilidade de fazer uma nova"********************** enviado pelo Thomas Correa!




*Não esperem apenas pela agência. Como falei ai em cima, façam logo um perfil em sites como o Great Au Pair (GAP) e o Au Pair World (APW).

*Honestidade: não sabe ou não quer, DIGA! As famílias não precisam adivinhar seus planos, sim?! Se você não se sente confortável cuidando de meninas, por favor, diga logo no appl. Imagina você em rematch em Terras Alheias... é, amigo! Não é fácil! Assim, seja direto aqui... diga o número de que kids que você se sente confortável, o sexo e a idade. 


*Criatividade: em um mundo "de girls", o que você fará para ser diferente? O que mais você pode oferecer para a family que te escolher? Bom, eu criei esse post para ajudar um amigo chamado Thomas Correa. Ele me achou pelo FB e, em breve, fará as consultorias comigo. Fiz algumas perguntas e descobri que ele é fotógrafo! Já imaginou poder oferecer aos hosts "muitas fotos no final do ano de au pair"??!! Pois é! O Thomas pode! E você? Toca algum instrumento, fala outro língua ou sabe algum esporte para ensinar aos kids? Tudo isso é diferencial. Uma vez que o salário é o mesmo para homens e mulheres au pairs (se você souber cuidar de babies, ganha um bônus em algumas agências), se a família não tiver problemas com meninos au pairs, um diferencial pode te trazer uma ótima family. 

*Só tem para os EUA? Naaaaaada, amigos! Male Au Pair existe em outros lugares do mundo também, viu? Por exemplo, na Alemanha e na Rússia é muito popular. Já vi até na Finlândia (só não fiz meu 3 ano lá porque eles quase não têm sol... eu ia morrer de frio...). O segredo é manter as opções em aberto. Você nunca sabe onde esse mundão e esse programa podem te levar. 

*Espaço Male Au Pair: Vou linkar os colegas aqui, ok? Está separado das meninas apenas para facilitar a busca de vocês.  

** Thomas Corrêa: thomas.correa.397@facebook.com
Ele ainda não tem blog! Mas querendo falar com ele... 

✭ Ok.... então você quer deixar seu blog/contato aqui?? Fácil: me segue no blog e deixa aqui NOS COMENTÁRIOS seu nome, lugar de onde bloga, breve descrição da sua pessoa e endereço do blog! Ou ainda, você TEM UM TEMA que gostaria de ver comentado aqui, por favor, deixe nos comentários, ok?! Farei o comentário ou responderei à pergunta, colocando-a junto com o restante do texto que já escrevi. ✭


*Por favor, cuidado ao usar essa expressão. Não usá-la perto das kids! Obrigada! rs

2 comentários:

Chainsaw disse...

Adorei o post, realmente galera ser Au Pair não é brincadeira só pense em ser se voce realmente leva jeito com crianças e se realmente está disposto a tudo. Ansioso aqui pela consultória da nossa amiga Tarciana!

Jeff Vagalume disse...

Eu estou online a 10 dias pela cultural care! Vamos ver no que vai dar, estou otimista!!!
Mas sempre da um frio na barriga e um medinho ainda mais quando leio sobre esse período para ser desligado do programa... mas vamos em frente! :D
E sim eu explorei bem os difernciais, como habilidades musicais e criativas :)