11/30/2012

Em Resposta à Babaquice!!

Babaca (do dic. Online de Língua Portuguêsa): adj. e s.m +f (de boboca): tolo, bobo, bobóca. 
Babaquice: sb.f. (babaca+ice): 1) qualidade de babaca 2) Ação ou dito de babaca. 

Então, partindo desse princípio temos: coisa de pessoa boba, tola.  E é assim mesmo que vou classificar a atitude dessas 17 meninas babacas do grupo fantasma AU PAIR VENENO. Afinal, criar um grupo que faz críticas POUCO construtivas e que desrespeita a tolerância, não é muito maduro. Sim, foi isso mesmo que aconteceu. Algumas meninas babacas se reuniram para "falar mal da vida alheia" e do programa, em um grupo fechado, dando print em dúvidas sobre o programa e criticando as meninas que queriam respostas. Só esqueceram que elas já tiveram essas mesmas dúvidas e/ ou passaram por situações bem parecidas. Como se não bastasse postar as dúvidas alheias e brincar de criticar, acabaram, também, criando uma "Black List" (nome suuuuper criativo, hein? Parabéns, meninas!) e enumerando as au pairs que gostam de participar e ajudar lá no FB em um ranking super carinhoso. E eu estou nele! Uhúúú! Yeah!  

Foi esse print que gerou tudo isso... 
Surpresa MARAVILHOSA, lá estou eu, em 23o lugar no ranking. [Ahhh qual, é?! Eu merecia uma posição melhor... Eu me dedico, respondo emails até às 2am e nunca deixo ninguém sem resposta (não importa a pergunta). Defendo o programa com todo o coração, trato as meninas por "lindas" e "flores"- e não é ironia- e estou absolutamente de bom humor sempre.]    A minha primeira reação foi a ALEGRIA. Querem saber porquê?

1- Pensei: uhúl... publicadade free. Né? Oi? Vocês arrazzaram quando divulgaram ai meus serviços para mim e AINDA JUSTIFICARAM BOAS RAZÕES PARA QUE AS MENINAS ME PROCURAREM: para evitarem cair nas mãos de babacas como vocês, que pegarão as dúvidas e usarão dessa maneira ai: dando print e publicando os tais "equívocos" em redes sociais. Coisa que profissional como eu não faz. Quando recebo um pedido de ajuda, respondo da melhor maneira que posso. NÃO COBRO PARA RESPONDER PERGUNTAS ISOLADAS SOBRE O PROGRAMA ou para dar conselhos. Porém, meu serviço de consultoria PAGO cobre muitas outras coisas e faço com todo carinho. É meu trabalho, minha formação acadêmica. Sou formada em Letras e gosto de revisar textos e/ou traduzi-los. Meninas que mandam e-mails gigantes desabafando, recebem respostas e têm a minha assistência e respeito. É uma boa opção para futuras au pairs que querem ser tratadas bem, com segurança, por alguém que tem experiência e que é super conhecida no meio auperiano!! Assim, MUITO OBRIGADA POR JUSTIFICAREM A RAZÃO DE MEUS SERVIÇOS, suas fofas! Eu sei que vocês queriam ter pensado nesse trabalho antes, mas, DESCULPEM, cheguei primeiro e sou muito boa no que faço. 

2- Pensei: estou POPULAR. Umas 17 meninas me conhecem e eu não as conheço. Não sei quem são. Como falar diretamente com cada uma delas, se não as conheço? Ahhh.. espera!! Espera... elas também não se conhecem ou não teriam tomado "esse tiro no pé". Não me importa se alguém "inflitrado" no grupo deixou vazar tudo, ou se era uma das 17. Who cares? Fica a dica para vocês do APV. Vaii.. sai confiando em qualquer au pair. Rsrsrs

3- Pensei: MATURIDADE, onde estás?? Isso explica o alto número de meninas "tristes", "revoltadas", "chatiadas" e de "mimimimi" com o programa: tá faltando maturidade. Oi? Meninas que ainda não cresceram, não deixaram de ser babies, cuidando de outras crianças, só podia sair essa meleca, né? O programa de au pair não é todo cor-de-rosa não, viu?! É a maneira que você o encara que te faz mais MADURO... em todos os sentidos. Você terá que tomar "sapo" dos hosts, ouvir kids chorando e cuidar de certos afazeres de uma casa... mas vai por mim, se você tentar ver tudo com bons olhos, sairá do programa FORTE e EXPERIÊNTE. Depois disso, qualquer desafio será fichinha para você... Assim, óh, não quero saber se quem fez isso era patricinha ou era "lutadora"! Para mim, quem fez isso não tinha CARÁTER, pois isso vem de berço. Buscando no dicionário: conjunto de características que descreve uma pessoa. Ah! Ok! Assim, a definição não menciona em que esfera social a pessoa precisa estar para ter um bom carater, se tem que ser rica ou pobre, né? Então, vou concluir: elas têm que ter familia e educação. E podem definir familia da melhor maneira que conheço: ampla e diversamente.

4- Pensei: PREGUIÇA. Se as respondo, pago com a mesma moeda tudo que fizeram, né? Estaria também dando publicidade as coitadas... Criticando, falando mal... Dai pensei, elas têm o direito à liberdade de expressão. Elas PODEM criar um grupo para falar da vida de quem quiser, invejar o que quiserem e podem tentar ser como as meninas que invejam! Sim, podem! 

Por isso respondo em moeda diferente. Não as mandarei "à Lerda, cidade das babacas" ou gritarei: "Ei, babacas, vão tomar shampoo"... nãoo... não mesmo! A "crítica" que elas fazem aquelas "perguntas bobas" ou aquelas "meninas santas, legais" é construída em cima de medo, raiva e recalque. Medo por jamais conseguirem dizer diretamente o que pensam; raiva porque as meninas que elas colocaram na Black List podem ser bem superiores a elas do APV; e recalque porque elas adorariam ter/ser como as meninas que criticam. Certeza. ASSIM, a minha crítica será escrita em cima de bons argumentos e de agradecimento. Obrigada pela publicidade free e saibam que de mim, e só quem é como eu sabe, sempre há desejo de PAZ e de que "vocês sejam felizes". Porque quem conhece o Amor, não proclama outro sentimento. Se para vocês é tão legal criticar os outros assim, para mim não é. Eu não faço. Então, essas linhas são bem simples e diretas, nada hipócritas ou rancorosas. Aqui expresso a minha mais pura verdade: na cara de vocês. Em um blog aberto. 

"... Pra aqueles que sobem na vida e mantêm os pés no chão
O vento sacode, balança, mas não te derruba não...

...Quem conhece o bem
Não cultiva no peito o mal
Não se faça refém
Suba na vida mais um degrau..." ( Parangolé )

E retomando o que disse, por que/ para quê enfrentar a preguiça, para responder esse tipo de babaquice?? Bom, por uma simples razão: sermos fortaleza. Esse tipo de atitude será SEMPRE comum na vida de quem gosta de fazer a diferença, o bem. De quem gosta de tomar uma posição na vida... seja ajudar, seja seguir regras.. Na vida dessas pessoas sempre aparecerão babacas querendo criticar de maneira incorreta aquilo que não conhecem. E somos nós, ESSAS PESSOAS DIFERENTES, que precisamos levantar e dizer "isso não é legal. Não é educado e não é certo". E tendo dito isso, nos viramos umas para as outras e dizemos: seja forte! Amanhã pode ser você na Black List de alguém. Sendo criticada por uma de suas qualidades fortes, que elas, lógico, verão como defeito horrível. Ou pode, ainda, ser criticada injustamente também. Por isso escrevo: sou super "colorida" e "positiva". Fiquei mega feliz com a publicidade free. Mas essa sou eu! Para as meninas que se sentiram ofendidas/com raiva (e duvido que tenham sido muitas): cabeça erguida. Babacas se merecem... Levantem as mãos e digam AMÉM por serem diferentes. E sigam cuidando da vida de vocês, afinal na vida delas ninguém tem interesse... nem elas...

Concordam?

PS: São quase 2am, sábado, e sairam mais dois bafões lá no grupo.. outro grupo em que rolam fofocas e uma carta aberta ao grupo au pair que me deu muita preguiça de ler!! hahaha... Ambos! Pelo que vi, POR CIMA, não fui citada. Hahaha... mas nem é por isso que não respondo os outros dois bafões, é pela última parte do que escrevi ali... Amanhã pode ser você na Black List de alguém, pois existem muitas... Cabe a vocês decidirem se serão fortaleza ou "fagulha" para piorarem uma situação... #Só acho. 

6 comentários:

Anônimo disse...

Arrasou nega! Te adoro
Mari Nery

Wellem Chagas disse...

Tarciiiiiii você é demais!!! Arrasou !!!!! Como diria a minha mãe.... deu um tapa com luva de pelicaaaaa... TE ADORO MIL...bjs

Anônimo disse...

oxiii num é q as maluca fecharam o grupo por q eu e minhas amigas n achamos mais.


meu nome é pam :))

Cristina Cecon disse...

Arrasou, como sempre!

Just Dream Valéria disse...

Falou e disse!Tomara que essas pessoas tenha lido esse post maravilhoso!Arrazoou!

Teacher Gaby disse...

É meio triste ver que a galera gosta tanto de querer passar de "superior" tomando atitudes tão... ridículas mesmo... :/ Gostei bastante do que você fez. Elas poderiam acabar inclusive se prejudicando legalmente acredito eu...